5 Junho, 2024
Colegas do IPO do Porto chegaram ao seu limite. Saíram do turno da noite e ficaram em protesto. Está em causa a divida de muitas horas extras de trabalho por pagar.

A colega Joana bessa partilha que têm “jornadas continuas de trabalho de 12 horas. Trabalhamos muitos dias seguidos e muitas vezes não temos a folga de trabalho noturna, ainda sendo, por vezes, chamados nas folgas para cobrir o absentismo”.

Enfermeiros do IPO Porto

A administração do IPO do Porto desmente esta situação. Mas são evidências e factos que “não se pode negar as evidências”.

Desde sempre defendemos que a questão das horas em dívida só se resolve com a contratação de mais enfermeiros. “A capacidade de resposta do SNS faz-se com a admissão de profissionais e melhores salários”, refere Fátima Santos, Coordenadora do SEP Porto.