18 Novembro, 2014
O SEP apela ao Ministério da Saúde que autorize os 32 pedidos de contratação solicitados pela administração do Centro Hospitalar Médio Tejo.

Com a greve de 3 dias agendada para 24, 25 e 26 de Novembro, o SEP reuniu com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar.

A carência de enfermeiros identificada naquele centro hospitalar é de cerca de 90 enfermeiros e a iminente situação de ruptura do hospital determinou a admissão de 8 através de uma empresa com um salário de 3€/hora. Ainda, segundo a Administração foi pedida autorização para contratar, com urgência, 32 enfermeiros até porque, de acordo com fonte hospitalar, todas as equipas de enfermagem estão em Burnout.

O SEP já enviou carta ao Secretário de Estado da Saúde, Dr. Manuel Teixeira, para que despache favoravelmente o pedido efectuado pelo Conselho de Administração, permitindo desta forma, a contratação de 32 enfermeiros e a resolução imediata dos subcontratados.

O SEP acredita que a sensibilidade do Ministério da Saúde para com os problemas dos enfermeiros e consequentemente dos cidadãos daquela região, irá determinar a resolução dos problemas e permitir a desconvocar a greve de 3 dias.